Blog Megaleios

Saiba tudo que acontece no mundo da tecnologia

Novidades do mercado digital, atualizações importantes sobre desenvolvimento de aplicativos, soluções da web e muito mais! Aqui você fica sempre bem informado. Confira os últimos posts publicados no blog da Mega!

Avalie este post

A maior parte das empresas de apps já aprenderam como gerar leads para o aplicativo. A grande questão é que ter um processo consistente de conversão pode ser um trabalho complicado.

Diferente da prospecção de clientes, a geração de leads se refere ao contato que demonstra um interesse pelo produto.

Assim, com o intuito de gerar leads para o aplicativo, é preciso fornecer conteúdos relevantes e personalizados.

Além disso, é imprescindível a utilização de todas as ferramentas que estão ao seu alcance!

Quer saber mais como gerar leads para o aplicativo de maneira consistente? Se a resposta for sim, acompanhe as nossas dicas.

Gerando leads para o seu app

Com certeza você gosta de receber um serviço útil, sem tem que pagar, não é mesmo? Na internet, essa pode ser uma estratégia ótima para gerar clientes e vendas. No caso dos aplicativos essa técnica fica ainda mais viável.

Os jogos mobile são bons exemplos de apps que já utilizam essa estratégia. É só pensar que eles possuem versões gratuitas, que contêm inúmeros banners de publicidade.

Os aplicativos de guias de viagens também utilizam a técnica. Além de apresentarem publicidade, ainda exigem cadastro dos usuários.

Que tal gerar leads para o aplicativo por meio das mídias sociais?

Antes de qualquer coisa, você precisa saber se os seus potenciais usuários preferem receber o conteúdo por meio das redes sociais, sites, e-mail ou outros apps.

Somente dessa maneira você conseguirá definir os canais e métodos para gerar leads para o aplicativo.

Ao defini-los, é necessário também assegurar que os usuários recebam o conteúdo com a melhor qualidade possível! Isso tanto no desktop, quanto no mobile.

No caso dos apps exclusivos de smartphones, os conteúdos precisam se adaptar para esse formato.

Imagine agora que os seus usuários têm preferência por receber o conteúdo via rede social. Considerando esse cenário, precisamos pensar nas opções disponíveis para a geração de leads.

Gerar leads para o aplicativo no Twitter

De acordo com dados do Pew Research Center, 63% dos usuários do Twitter utilizam a plataforma para ficar por dentro do mundo dos negócios.

Levando em conta que a rede social possui 66 milhões de usuários, ela ainda pode ser útil para conquistar novos usuários.

Caso você opte pelo Twitter, precisa pensar em uma geração de leads simples.

É importante focar na criação de conteúdos bons para que os usuários mudem de site ou baixem o seu app.

Gerar leads para o aplicativo no Facebook

No Facebook há a opção da geração de cadastros por meio do Facebook Business.

Essa função auxilia na hora de encontrar pessoas inclinadas a realizarem as ações.

Por exemplo: você pode encontrar as pessoas mais propensas baixarem o seu aplicativo!

Gerar leads para o aplicativo no Instagram

O Instagram foi lançado em 2010 com o simples objetivo de tirar fotos, aplicar efeitos e publicá-las. Depois, os seus amigos podiam ver, curtir e comentar.

Dez anos depois, o aplicativo se transformou totalmente! Ele se tornou uma máquina de ganhar e gerar dinheiro.

Essa mudança surgiu, principalmente, depois da compra da plataforma pelo Facebook.

A grande rede social conseguiu mudar a cara do app se inspirando em outros aplicativos, como o Snapchat. Além disso, foi desenvolvido o Instagram Ads.

Ou seja, o Instagram deixou de ser um aplicativo de fotos. Agora é utilizado por diversas empresas para posicionamento de marca, contato com usuários, promoções e até vendas diretas.

Segundo dados divulgados pelo próprio aplicativo, 60% dos usuários descobrem novos produtos através da plataforma. Então, o Instagram realmente se tornou um canal de vendas.

Por esses motivos, o Instagram pode ser uma ferramenta viável para gerar leads para o aplicativo do seu negócio!

Para você entender melhor essa plataforma, separamos algumas dicas de como você pode aproveitá-la. Afinal, seus clientes podem estar por lá. Então, não dá para perder essa oportunidade.

  1. Use o link na bio

Por muito tempo colocar o link na bio era a única forma de tirar o usuário do Instagram para leva-lo a outro site.

Essa maneira de gerar leads para o aplicativo continua sendo válida.

Você pode combiná-la com uma boa descrição da marca no perfil. Assim, consegue gerar leads de uma forma simples.

Uma opção válida é utilizar agregadores como o Linktree. Essa ferramenta possibilita a inclusão de várias URLs a partir da bio do Instagram.

Além de ser uma opção simples, o link na bio é para muitos negócios, o único ponto de contato entre o usuário e um site externo. Isso porque algumas funções se limitam a contas maiores na plataforma.

  1. Instagram Ads

O Instagram Ads é uma ótima opção caso você tenha um orçamento de marketing.

A ferramenta é um complemento na hora de gerar leads para o aplicativo, que permite a segmentação do seu conteúdo de forma personalizada.

O Instagram Ads é conectado com o Facebook, permitindo assim, a combinação entre os públicos. Por exemplo: você pode trabalhar com uma estratégia de retargeting para as duas redes sociais.

  1. Instagram Stories

Os Stories do Instagram são perfeitos para quem quer prospectar novos clientes.

Eles possibilitam a criação de histórias com sequência de fotos e vídeos curtos. Além disso, facilita o acesso dos usuários a páginas externas.

Basta colocar um Call-to-Action de “arraste para cima”!

Mas vale lembrar que eles não podem ser vistos como uma simples ponte para gerar leads para o aplicativo. É essencial que você produza um conteúdo interessante.

Uma ideia viável é a estimulação da interação dos usuários, por meio de enquetes, por exemplo.

A única limitação é que essa possibilidade está disponível somente para contas verificadas ou com mais de 10 mil seguidores.

  1. Utilize CTA nas publicações

O uso do Call-to-Action (CTA) tem relação com o link na bio que citamos anteriormente.

É relevante que você insira um CTA para convidar os usuários no texto do post a clicarem no link.

Não esqueça que o Instagram é totalmente visual! Os usuários buscam fotos, vídeos e artes agradáveis ao olhar.

Se você transformar a sua conta em pedidos insistentes de conversão, poderá perder alguns seguidores.

Para ter um bom desempenho com essa estratégia, mostre ao seguidor que ele irá receber um bom conteúdo.

  1. Faça parcerias com Digital Influencers

O Instagram tem vários usuários com milhares de seguidores.

O alcance desses grandes perfis pode ser extremamente maior que o seu. Por isso, realizar parcerias com essas pessoas pode ser uma ótima estratégia.

Algumas dessas pessoas cobram pela divulgação. Outras realizam até permuta.

Vale a pena procurar alguns influenciadores da sua região que tenham o mesmo público que o seu.

Invista em parcerias que sejam viáveis para o seu negócio. Afinal, não adianta pagar caro para um influenciador que nunca irá atingir o seu público-alvo. Nesse caso, a geração de leads será desperdiçada.

  1. Cite uma URL em vídeos

Os vídeos têm ganhado cada vez mais espaço e têm se mostrado como ótimas opções para a geração de leads.

Que tal aproveitar essa oportunidade e colocar a URL do seu site ou link reduzido que levará a uma Landing Page?

Se você gerar um conteúdo interessante, com certeza os usuários ficarão com vontade de saber mais sobre o seu negócio.

  1. Use hashtags

Não podemos esquecer do uso das hashtags.

Elas são utilizadas para que os usuários pesquisem e encontrem perfis relacionados a um mesmo assunto.

Assim, é imprescindível que você as utilize em todos os posts do seu Instagram. Desta maneira, facilitará a busca dos usuários pelo seu conteúdo.

Uma ideia para essa estratégia é a criação de uma hashtag própria bem criativa para uma promoção da marca. Você pode aproveitar para incentivar os seguidores a utilizarem em suas fotos pessoais. Com isso, você divulga a empresa e acelera a geração de leads.

  1. Aposte nas tags de preços dos produtos

Outra aposta do Instagram foi a criação das tags de preços nos produtos apresentados nas fotos.

Essa ferramenta já é utilizada por diversos e-commerces, levando em conta que ela direciona para finalizar a compra no site.

Por mais que a compra não seja efetuada, surgem diversas possibilidades.

Você pode, por exemplo, colocar uma CTA de conversão para assinaturas de newsletter.

Outra ideia é trabalhar com retargeting.

Pilares de um bom lead para seu aplicativo

Se você chegou até aqui, realmente está interessado em gerar leads para o aplicativo.

Agora que já conhece várias ferramentas, vamos te apresentar os pilares de um bom lead.

  • Profundidade: somente o e-mail e o nome não são suficientes para um lead. É relevante destacar que há a necessidade de mais profundidade. Ou seja, a captação precisa ser uma combinação de informações, como a localização, dados, histórico de compra, etc. Só com uma pesquisa profunda sobre o usuário é possível compreende-lo realmente. Não esqueça: quanto mais você conhece o seu público, mais fácil é para alcança-lo de forma bem-sucedida.
  • Dashboard para visão de campanha: se o seu negócio gera leads por meio de campanhas em vários canais, pense em unificar todos os dados das mídias. Por exemplo: você pode unificar métricas como compras, ROI, receita captada, investimentos, etc.
  • Agilidade e confiabilidade: você consegue alcançar uma diferença relevante na transformação de lead em usuário ativo, caso responda aos leads em pouco tempo. Não espere muito para entrar em ação!

Continuidade na manutenção de leads

No caso dos aplicativos, é necessário encontrar meios orgânicos para alcançar audiência.

Você precisa pensar além de “como gerar leads”.

Faça com que os seus usuários voltem para completar suas ações no app. Seja para comprar algo, vender, jogar, entre outros.

Uma estratégia interessante para alcançar essa audiência é o ASO. Se quiser saber mais sobre essa técnica, vale a pena conferir mais informações aqui no Blog da MEGA.

Pensando nos investimentos

Talvez, você esteja pensando se vale a pena investir R$ 10 mil, ou até R$ 100 mil no desenvolvimento de um app. Sem contar com os custos de manutenção e evolução.

Qual o retorno se minha empresa captar 10 mil contatos e gerar 1% de vendas nesta base?

Ou ainda, se tiver 500 mil acessos em um ano, com 1% de cliques nos banners de publicidade?

Aposte na comparação do custo de criação do app com o investimento em mídias tradicionais.

O mundo do marketing digital exige um investimento prévio e inteligência para alinhar as campanhas.

Por isso, pode parecer um risco investir antes do desenvolvimento do app.

Mas, você consegue contornar a situação com criatividade!

Quer saber mais sobre o mundo dos aplicativos? Se a resposta for sim, não deixe de acompanhar semanalmente os conteúdos do Blog da MEGA!