Blog Megaleios

Saiba tudo que acontece no mundo da tecnologia

Novidades do mercado digital, atualizações importantes sobre desenvolvimento de aplicativos, soluções da web e muito mais! Aqui você fica sempre bem informado. Confira os últimos posts publicados no blog da Mega!

Avalie este post

Com o intuito de combater a propagação do coronavírus, diversas medidas foram tomadas pelos governos de todo o mundo. Essas medidas visam manter as pessoas em isolamento social, até que a pandemia comece a ficar controlada. Por conta desse período de quarentena, diversas empresas precisaram recorrer a algumas mudanças, como é o caso do home office.

No momento, não há o que se fazer, além de proteger a população de uma contaminação ainda maior.

Por esse motivo, todos os setores que não são considerados como essenciais, estão enfrentando mudanças no cotidiano das empresas. É nesse cenário que o home office ganha destaque.

Essa prática de trabalho requer muita atenção, pois nem todo profissional está acostumado a esse regime. Além disso, nem todos possuem o ambiente ideal para realizar seu trabalho dentro de casa.

Sendo assim, é natural que a produtividade das empresas, que estão utilizando o home office pela primeira vez, diminua no começo.

Pensando nesse cenário, preparamos algumas dicas que podem te auxiliar a manter a produtividade no home office.

O que é home office?

Home office é uma expressão em inglês que significa “escritório em casa”.

Resumidamente, se refere à trabalhos realizados fora do escritório.

Esse regime de trabalho é bem comum para os freelancers (sem vínculo empregatício). Mas, também está ganhando espaço em todos os segmentos.

Há quem conheça o home office por outros nomes como trabalho à distância, trabalho remoto, teletrabalho, etc.

Em algumas empresas é comum que parte do trabalho seja feito em casa e a outra dentro do escritório.

Porém, em tempos de coronavírus, essa possibilidade fica descartada.

Dicas para se manter produtivo no home office

Sabemos que uma das preocupações das empresas é como manter a produtividade. Principalmente, para aqueles funcionários que não estão acostumados a trabalhar em casa.

Por isso, separamos algumas dicas. Confira!

Invista em seu espaço de trabalho

Da mesma forma que na empresa, o seu ambiente de trabalho precisa ser confortável e apropriado.

Trabalhar na cama, com o computador no colo, é pedir para não ter produtividade.

Procure um lugar próprio para trabalhar com silencia, mesa, cadeira, boa iluminação…

Esses elementos são essenciais para que você consiga render no home office.

Você pode até ter no seu quarto alguma dessas características, mas evite escolhe-lo como ambiente de trabalho.

A melhor opção é optar por um local que tenha ligação com descanso ou hobbies.

Caso não tenha um ambiente específico para isso, procure um lugar que não possua tanta interferência.

Nunca use pijama

Essa dica parece simples, mas é fundamental!

Nunca use pijama para trabalhar em home office.

Primeiro, porque você não sabe se terá uma reunião online de emergência, por exemplo.

Outro ponto é que trabalhar de pijama pode confundir as funções de casa com as do trabalho. E isso pode interferir diretamente na sua maneira de trabalhar. Por isso, tente separar essas tarefas ao máximo.

O ideal é que você tome um banho, coloque uma roupa confortável e comece a produzir.

Crie uma rotina

O seu trabalho também precisa ter suas próprias regras.

Mesmo com a possibilidade de definir seu horário de trabalho, escolha um horário fixo para acordar.

Delimite também um tempo para tomar café da manhã e exercer os seus rituais para iniciar sua rotina.

Beba água!

Pode parecer besteira, mas muitos profissionais esquecem de beber água ou de fazer suas refeições no horário certo devido ao trabalho.

Lembre-se sempre de se hidratar. Afinal, é comprovado cientificamente que água estimula o cérebro.

Estabeleça horários de descanso

Trabalhar 8 horas a fio no home office é fisicamente e mentalmente impossível.

Além disso, no home office isso pode ser ainda mais difícil.

Por isso, separe horários, como por exemplo o almoço, lanche, e outras pausas que você já fazia no seu ambiente trabalho normal.

Faça pausas

As pausas para ir ao banheiro, beber água ou pegar um café.

Essas pausas são essenciais para espairecer as ideias e relaxar um pouco a cabeça.

Elas também podem ser úteis para destravar e conseguir realizar as próximas tarefas.

Desconecte-se de distrações

Em nossa casa temos todas as coisas que nos conectam com quem somos.

Podemos ter família, pets, hobbies, e outras milhares de coisas.

Por esse motivo, é muito importante explicar para quem está ali, que você não está de férias. Assim, as pessoas irão respeitar o seu espaço.

Outra pequena distração que pode nos atrapalhar é o celular. Vale a pena no momento de trabalho, desativar as notificações das redes sociais.

Organize sua vida, seu trabalho e seu espaço

Sabe aqueles últimos trinta minutos do expediente? Que ficamos esperando chegar no horário do término?

Aproveite este tempo para organizar seu local de trabalho, anotar o que já foi realizado e se programar para o próximo dia.

Um espaço limpo, organizado e uma rotina com metas pode te auxiliar muito no seu home office.

Ao fim do expediente, feche o seu escritório

Mesmo trabalhando em casa, quando concluí-lo, saia dela.

Respeite o tempo do seu expediente, da mesma forma que você faz quando está na empresa.

Lembre-se de seguir sua vida normalmente após o expediente.

O descanso do corpo e da mente reflete diretamente na sua saúde e no seu rendimento no trabalho.

A princípio parece ser difícil manter a disciplina no home office, certo? Mas com o tempo e com a ajuda da tecnologia, aos poucos você vai se acostumando.

Além dessas dicas, você pode optar pelo uso de aplicativos na hora de se organizar. Para saber mais, confira o post do Blog da MEGA que separamos várias dicas de apps.

Benefícios que comprovam como o home office pode aumentar do seu negócio

A plataforma de empregos Airtasker realizou uma pesquisa nos EUA para identificar os benefícios do home office.

Da amostra (cerca de mil pessoas), aproximadamente 50% é adepto ao home office.

O estudo comprovou que essas pessoas trabalham de maneira produtiva, 10 minutos a mais do que quem trabalha dentro da empresa.

Outro ponto interessante é que quem trabalha em home office perde, em média, 27 minutos com distrações. Já para quem trabalha em escritório, o número sobe para 37 minutos.

Além disso, os funcionários remotos realizam pausas mais longas. Estas pausas estão totalmente relacionadas com o aumento da produtividade.

Há também a questão do deslocamento. Na amostra pesquisada, a média de deslocamento para o escritório é de 44 minutos.

Ou seja, todos os dias, os profissionais do home office têm 1h30min para se dedicarem a cuidar do próprio bem-estar. Assim, os trabalhadores remotos têm aproximadamente 25 minutos a mais para realizarem exercícios físicos.

Além desses, existem outros benefícios para o trabalho à distância. Confira a seguir.

Os colaboradores sofrem menos estresse no trânsito

Sabemos que o trânsito, principalmente nas grandes cidades, pode ser um grande fator de estresse.

Diversas pessoas chegam a gastar até três horas para chegarem ao trabalho. Todo esse tempo no trânsito não é saudável, nem produtivo.

Ao trabalhar em casa, o colaborador economiza boas horas no trânsito. E como comentamos acima, pode dedicar esse tempo para cuidar de si próprio.

Menos atrasos

São diversos os imprevistos que podem acontecer no dia a dia dos trabalhadores no caminho do trabalho. Isso pode acarretar alguns atrasos.

Estes atrasos, por menores que sejam, podem atrapalhar reuniões, eventos com hora marcada e entrega de projetos.

Por isso que o home office ganha pontos nesse quesito. Afinal, com o profissional em casa, ele só tem o compromisso de começar o trabalho no horário certo.

O ambiente adequado garante menos interrupções

Se o colaborador conseguir um canto próprio para trabalhar em casa, a sua produtividade pode aumentar.

Isso porque ele não terá as distrações de conversas de colegas, telefonemas de outras pessoas, ou outras interrupções que o ocorrem no dia a dia.

Em casa, ele pode escolher um lugar silencioso que garanta mais eficiência e o deixe mais motivado.

Mais flexibilidade

Dependendo do tipo de negócio há a possibilidade de não ter um horário fixo pré-estabelecido.

Você pode combinar um número de horas trabalhadas por dia, mas deixar livre a escolha dos momentos de trabalho.

Essa flexibilidade pode ser ótima porque algumas pessoas são mais produtivas em diferentes partes do dia.

Há pessoas que rendem muito mais trabalhando à noite, por exemplo.

Além disso, o profissional consegue conciliar o trabalho com outras atividades, como ir ao banco, dentista, sem precisar faltar.

Redução de custos para a empresa

Outra grande vantagem para o negócio é a redução de custos.

A empresa não precisará gastar com transporte, alimentação em restaurante, cafezinho, custos fixos como energia, ar condicionado, internet, limpeza, etc.

O trabalho em home office garante qualidade de vida

Já deixamos bem claro o quanto o home office pode trazer bem-estar ao colaborador.

Sem trânsito, atrasos, transporte público, má alimentação, o profissional tende a ficar menos cansado logo pela manhã.

Ou seja, ao evitar esses desgastes, o colaborador aumenta a sua produtividade e garante mais qualidade de vida.

Por se sentir mais confortável e menos estressado, ele consegue trabalhar melhor suas ideias e direcionar a energia para o que realmente importa.

Com tudo isso, com certeza as pessoas conseguem produzir mais e melhor.

Há uma cultura de mais liberdade

A liberdade é ótima para os colaboradores. Mas você sabia que ela é boa também para a empresa?

Primeiro porque a liberdade garante que os profissionais tenham mais autonomia no trabalho.

E se a empresa incentivar, eles buscarão mais foco em resultados do que em tempo de trabalho.

Esse ponto é bom porque há a possibilidade de romper com a crença de que “bater ponto” é sinônimo de produtividade.

O home office serve também para chefes e coordenadores. Afinal, eles não precisarão mais ir ao escritório para garantir que todos estão trabalhando. E com isso, conseguirá organizar melhor sua agenda.

A lei trabalhista está mais clara

A Lei de Trabalho regulamenta o home office como um meio formal de trabalho.

A nova lei trabalhista define como é feito o home office, além de determinar o controle de jornada e as atividades que precisam constar no contrato.

Além disso, há regras para a utilização de equipamentos e a estrutura necessária para o profissional.

Com todas essas dicas fica mais fácil perceber que mesmo em tempos de isolamento social, há a chance de manter ou aumentar o seu rendimento.

Chegou o momento de repensarmos as formas de trabalho a acabarmos com alguns preconceitos referentes ao home office!

Quer ficar por dentro das novidades do mundo tecnológico e dos apps? Se a resposta for sim, assine a nossa newsletter e acompanhe os posts do Blog da MEGA.