Blog Megaleios

Saiba tudo que acontece no mundo da tecnologia

Novidades do mercado digital, atualizações importantes sobre desenvolvimento de aplicativos, soluções da web e muito mais! Aqui você fica sempre bem informado. Confira os últimos posts publicados no blog da Mega!

como-consumidores-encontram

Como os consumidores encontram os aplicativos e começam a usá-los

Avalie este post

Desde que os smartphones foram lançados, a quantidade de downloads de aplicativos mobile não para de crescer, atualmente estima-se que cerca de 139 bilhões de apps serão baixados até o fim do ano. Esse número deverá saltar para 268 bilhões em 2017, o que irá gerar uma receita de US$ 77 bilhões, de acordo com o Gartner Group. Esse valor só tende a crescer ao longo dos anos já que os dispositivos estão cada vez mais “vestíveis” com preços mais acessíveis, por isso é importante pensar em como os consumidores encontram os aplicativos e se interessam por usá-los, assim fica mais fácil investir na forma certeira de divulgação para seu app.

Segundo a Nielsen, cada usuário de smartphones baixa, em média, 41 aplicativos para seu celular, além de checar o seu celular ao redor de 200 vezes por dia. Parece muito? Pense um pouco, quantas vezes você já acessou qualquer app antes mesmo de tomar o café da manhã? Seja para coisas básicas como despertador, confirmar o horário da reunião em sua planilha de afazeres diários, marcar um happy hour com os amigos após o expediente ou coisas mais urgentes como checar o seu saldo no banco, responder o e-mail do chefe, não importa, uma coisa é clara: os apps são agora uma parte fundamental dos micro-momentos diários e as pessoas gastam uma média de 30 horas por mês com eles.
Além de toda essa presença em nossa rotina, os aplicativos mobile são também uma maneira poderosa de criar relações profundas com os clientes. É fato que quando a estratégia de marketing para um app de celular é certeira, ela pode complementar uma experiência off-line da marca, direcionar vendas no e-commerce ou, simplesmente, ajudar a marca a se conectar com consumidores fiéis.

Como os consumidores encontram os aplicativos e começam a usá-los

Mas como os consumidores encontram os aplicativos?

Outro ponto importante é que, segundo um levantamento realizado pela Compuware, mais de 85% dos consumidores preferem utilizar app mobile a websites móveis para acessar conteúdos das marcas e empresas. Tal fato só comprova cada vez mais a previsão dos analistas do Gartner, de que até o final de 2017 os usuários de dispositivos móveis serão responsáveis por repassar dados personalizados para mais de 100 aplicações e serviços diariamente, por isso é necessário focar na performance.
Com a inegável força mobile cada vez mais influente no consumo, o Google em parceria com a Ipsos Media CT, realizou uma pesquisa com mais de 8470 usuários para entender como os consumidores usam os apps. Das inúmeras conclusões, a pesquisa aponta dois principais pontos relevantes para criar uma boa estratégia para impulsionar o seu aplicativo e como manter o público envolvido ainda mais.

A descoberta do app não acontece apenas na loja de aplicativos

Segundo a pesquisa 40% dos usuários de smartphones pesquisam por apps nas lojas de aplicativos, sendo realmente uma fonte importante para descobrir novos apps, entretanto, não são a única maneira de descobrir novos apps
É enorme a quantidade as possibilidades de se conhecer um app quando estamos acessando os tipos de esferas em nossos smartphones, principalmente através dos sistemas de busca: um em cada quatro usuários do app o descobriu ao fazer uma pesquisa.
Esses sistemas estão entre os meios mais efetivos para gerar downloads de apps: das pessoas que baixaram um app por conta de um anúncio, 50% o fizeram a partir de um anúncio em sistema de busca. Por isso, é importante que os profissionais voltem sua atenção para os anúncios em sistemas de buscas, não só para gerar visibilidade como também para promover downloads dos apps – ao oferecê-los no exato momento em que o consumidor está pesquisando aquele tema

Engajamento e reengajamento

Engajamento e reengajamento são fundamentais, já que os usuários perdem o interesse com o passar do tempo.
Quando um usuário baixa um aplicativo para seu dispositivo móvel, ele tem a expectativa de que isso traga praticidade e produtividade para as suas atividades cotidianas, aonde quer que esteja e a qualquer hora do dia. Segundo o Google, duas em cada três pessoas irão usar um app frequentemente se ele ajudar em sua rotina.
A pesquisa releva também um ponto preocupante para as empresas, o abandono dos apps após pouco tempo de uso. 38% dos pesquisados disseram que eles são mais suscetíveis a baixar um app quando ele é obrigatório para completar uma compra. Uma vez que eles encerraram esse ciclo, no entanto, metade das pessoas desinstalou o app que acabou de baixar.

Portanto, é indispensável que exista a promoção do valor e a utilidade do app. Os usuários precisam de um incentivo para se reengajarem com ao seu aplicativo. O relatório aponta que “30% dos pesquisados disseram que voltariam a baixar um app se ele oferecesse desconto numa compra e praticamente 25% declararam que voltariam se recebessem algum tipo de material exclusivo”.
Sendo assim de nada adiantam apostar somente em um layout atraente e inovação tecnológica e deixar de lado questões como funcionalidade, rapidez e facilidade de uso. Para o consumidor final, o que realmente importa consumidor é a conveniência e o desempenho do aplicativo para gerar uma relação de longa.