Blog Megaleios

Saiba tudo que acontece no mundo da tecnologia

Novidades do mercado digital, atualizações importantes sobre desenvolvimento de aplicativos, soluções da web e muito mais! Aqui você fica sempre bem informado. Confira os últimos posts publicados no blog da Mega!

Avalie este post

Vivemos em um ambiente empresarial cada vez mais competitivo, assim é necessário que as empresas estejam atentas as suas estratégias. Um dos pontos que garantem o sucesso da organização é a forma como suas ações se alinham com seus objetivos. Esse alinhamento deve acontecer em todos os setores e deve ser feito com base no que a empresa considera como sua cultura organizacional.

O termo cultura organizacional surgiu em 1982 e foi criado por Edgard Schein e segundo o autor, a cultura organizacional diz respeito aos valores, crenças, rituais e normais adotadas por uma organização. Tal conceito explora o lado humano de uma organização, visando orientar seus membros rumo a uma diretriz que definirá seu comportamento e suas atividades. A cultura organizacional é uma parte essencial para o funcionamento da empresa. Além disso, é responsável por definir como os indivíduos devem se portar na empresa e como devem interagir entre si.

Como vimos, cultura organizacional é um conceito bastante complexo e que é responsável pelas características únicas de cada empresa. De forma simplificada a cultura organizacional poderia ser definida como o “jeito que nós fazemos as coisas por aqui”. Mas vamos entender um pouco melhor sobre esse conceito?

Afinal, o que é Cultura Organizacional?

Já foi dito acima a cultura organizacional é muito importante para ajudar a empresa a alcançar sucesso, certo? Mas muito além de possuir uma estrutura de organização que deve ser seguida, é importante que ela seja capaz orientar as ações de cada um dos colaboradores da empresa. Por esse motivo considera-se que a cultura organizacional esteja inserida na gestão da empresa. Vamos entender um pouco melhor sobre a gestão da empresa?

Gestão da empresa

A gestão de uma empresa pode ser definida como o modo de gerenciar os seus recursos a fim de alcançar as metas. O modo como esses recursos são geridos determina também sobre a cultura organizacional da empresa. Tais recursos podem ser divididos em diferentes grupos:

– Estrutura:

Os recursos de estrutura dizem respeito as partes físicas necessárias para que a empresa possa ter um bom funcionamento. Exemplos de estrutura são os computadores, as mesas e cadeiras.

– Tecnologia:

A tecnologia da empresa também deve ser objeto de atenção da gestão. Em geral, são ferramentas que buscam melhorar as atividades e processo da empresa. Exemplos de tecnologia são as linguagens de programação e os sistemas automatizados.

– Estratégia:

Mais um ponto da gestão é a estratégia da empresa, que diz respeito as diretrizes adotadas para atingir seu objetivo. Algumas estratégias comumente adotadas são o oferecimento de capacitação e treinamentos e planos de marketing.

– Pessoas:

Aqui se concentram o corpo de funcionários da empresa. A gestão de pessoas é um dos pilares principais e que possuem maio relação com a cultura organizacional. Fazem parte do pessoal todos envolvidos no processo da empresa, de estagiários até o CEO.

Todos os grupos indicados acima têm relação com a cultura organizacional da empresa, já que essa envolve todos os setores. Essa cultura também pode ser chamada corporativa por representar todas características e fatores que tornaram uma empresa diferente da outra.

Todas as atividades realizadas na rotina da empresa, seja em grau de tecnologia, de estrutura, de pessoal ou de estratégia compõe a sua cultura organizacional. As práticas, os comportamentos, valores, princípios, sistemas e até mesmo jargões fazem parte dessa cultura. São exatamente essas diretrizes que irão guiar o comportamento dos seus funcionários, e modelar sua mentalidade.

Níveis de cultura organizacional

Ainda que diga respeito a todos os posicionamentos da empresa, a cultura organizacional pode ser dividida e 3 níveis diferentes. Sendo eles:

– Artefatos:

Os artefatos dizem respeito ao nível visível da cultura organizacional. Também chamadas de artificialidades observáveis são a disposição físicas como o modo de vestir, a maneira como se tratam e demais detalhes palpáveis.

– Crenças e valores:

As crenças e valores de uma cultura organizacional são mais difíceis de serem percebidos. Esse nível pode ser pesquisado através de entrevistas, avaliações ou questionários. Tratam-se dos valores principais que são compartilhados pelo grupo, modo de agir em diferentes situações e postura que deve ser adotada, por exemplo.

– Suposições básicas:

De difícil observação, as suposições básicas de uma cultura organizacional são mais fáceis de ser sentidas e percebidas. Aqui estão englobados os sentimentos que determinado grupo assume como verdade na sua conduta. Por esse motivo pode ser considerado como o nível mais profundo.

Conhecendo o que é uma cultura organizacional e seus níveis, vamos entender um pouco sobre como cada um desses níveis impactam na prática?

Como funciona a cultura organizacional na prática?

Os níveis da cultura organizacional apresentados acima podem ser exemplificados também na prática. De forma prática a teoria da cultura organizacional pode auxiliar na motivação e no desenvolvimento dos funcionários. Além de ajudar no alinhamento dos colaboradores também pode auxiliar na produtividade da empresa, afinal, funcionários motivados tendem a render melhores resultados, certo?

No nível dos artefatos, a estrutura física da empresa indica ambiente físico de trabalho que é oferecido à equipe. Pode ser considerado como o que vemos. Um ambiente bem iluminado e confortável é essencial nesse aspecto. Além disso, a empresa deve oferecer condições ergonômicas que permitam ao seu pessoal a melhor função das suas atividades.

O “clima” da empresa também é considerado como um aspecto da cultura organizacional. Esse clima define como as pessoas se comportam no ambiente de trabalho além da sua rotina.

Já o nível de crenças e valores está ligo com o fato de os funcionários acreditarem no trabalho que desempenham. Pode ser considerado como o que eles falam. Os valores e as crenças definem em que nível os propósitos do funcionário e da empresa convergem. Essa convergência é essencial para que a organização conte com funcionários motivados e que se identifiquem com a missão da empresa. Os valores já fixados pelos fundadores da empresa, sua filosofia e os valores que justificam o trabalho que será feito.

Por fim, os pressupostos são os principais determinantes da forma de ser de uma organização. Podem ser entendidos como o que eles acreditam. Os membros da organização compartilham entre si as suposições básicas que regem a essência da empresa, ou seja, eles dividem uns com os outros os mesmos sentimentos, o mesmo modo de agir e o mesmo comportamento. Esses pressupostos em geral estão tão incorporados nos membros da empresa que por vezes passam a ser inconscientes.

Como a cultura organizacional beneficia a empresa?

A vantagem da empresa possuir uma cultura organizacional forte e consolidada é fruto do de sentimento que desperta dos colaboradores. Quando o funcionário se sente parte da empresa e acredita no trabalho realizado existe um ambiente de engajamento e comunicação.

A cultura de uma empresa é o que a torna única. A sua essência e a maneira como seus funcionários trabalham no dia-a-dia a tornam diferente e impossível de ser copiada. Além disso, existem mais benefícios de uma cultura organizacional sólida:

– Benefícios financeiros

Com colaboradores embasados em uma cultura bem construída, cresce a preocupação com o sucesso financeiro da empresa. Uma cultura organizacional engaja os profissionais, o que os torna mais produtivos e com melhores resultados.

– Maior facilidade no recrutamento

Uma cultura empresarial bem definida atrai profissionais que compactuam com os ideias e valores da constituição. Com isso, existe maior chance de a empresa acertar na contratação e contar com bons profissionais.

– Serviços de qualidade

Com a cultura organizacional todos aprendem a se relacionar melhor com todos os envolvidos no processo. Além disso, uma cultura sólida auxilia na gestão do atendimento prestado aos clientes.

– Motivação

Colaboradores que tem identidade com a empresa e com as atividades que executam são mais motivados. Com base em uma cultura bem trabalhada os funcionários passam a ter conhecimento do impacto que podem causar, motivando-os.

– Relacionamentos

A cultura organizacional também tem a capacidade de melhor as relações entre os funcionários, os times e os departamentos. A melhora no relacionamento é causada por uma melhor comunicação e cooperação.

– Desenvolvimento de lideranças

Como a cultura as habilidades de liderança são desenvolvidas. Isso acontece especialmente pelo fato de todos os colaboradores passarem a ter uma visão definida do seu papel na empresa.

– Mais satisfação

O principal benefício do desenvolvimento de uma cultura organizacional impactante é a felicidade e satisfação dos colaboradores. É notório que funcionários satisfeitos com as diretrizes da empresa abraçam mais a organização e lutam pelo seu sucesso.

Como melhorar a cultura organizacional da sua empresa?

As estratégias adotadas para criar e transmitir a cultura organizacional da empresa são o ponto mais importante a ser observado. Em especial é essencial que o modo como a cultura é repassada aos colaboradores seja a melhor possível. Confira algumas dicas para comunicar a cultura organizacional da empresa de forma certa.

– Mantenha as lideranças envolvidas

Para que a cultura organizacional seja passada para todos da organização de forma eficiente é indispensável o envolvimento dos líderes. Os líderes são o elo que existe entre os funcionários e a empresa. Por meio dessa influência os líderes se tornam os principais propagadores da cultura da empresa.

É importante também que os líderes usem sua posição para ajudar que essa cultura seja inserida na rotina de cada um dos seus colaboradores. Promover os hábitos é uma função que deve ser estimulada pelas lideranças. Como os ocupantes de posições de liderança possuem a confiança dos demais, ele deve ser usado como fonte confiável para transmitir a cultura para os demais.

A comunicação da cultura pode ser feita de forma direta (boca a boca) e não apenas por meios indiretos. Com a participação dos líderes na comunicação da cultura organizacional existem mais chances dela se espalhar e se consolidar.

– Busque conhecer seus colaboradores

Em uma empresa a comunicação só pode ser eficaz e a cultura organizacional só pode ser repassada com sucesso se os superiores conhecerem os colaboradores que a integram. Conhecer os colaboradores é compreender cada um dos setores e a forma como se comunicam, independente da posição que ocupem.

Entender como cada um dos colaboradores recebem as informações que são passadas a eles é essencial. Isso porque ajuda a determinar se a cultura da empresa está sendo transmitida a eles de forma correta. É importante fazer uma análise da comunicação realizada para entender os pontos a melhorar em função das características dos colaboradores.

Uma dica para perceber o que precisa ser melhorado é conhecer o funcionário e se colocar no lugar dele. Conversas, pesquisas de opinião, questionários e demais ferramentas podem ser usadas para saber como cada colaborador enxerga a cultura organizacional. Através das respostas obtidas é possível compreender o cenário e aperfeiçoar o modo de difusão da cultura da empresa.

-Alinhe os canais para propagar sua cultura organizacional

Porém, só possuir uma cultura organizacional sólida não é suficiente. A empresa deve possuir também canais eficientes para sua propagação. Alguns dos canais de comunicação podem impactar mais os colaboradores do que os outros, pode isso é importante estar atento!

É sabido que muitos colaboradores não têm iniciativa de procurar informações sobre a cultura da empresa. Por isso é importante que os canais de comunicação estejam sempre alinhados. Canais de comunicação alinhados são indispensáveis para que esse tipo de valor seja sempre repassado na empresa.

É um dever dos canais de comunicação expor a cultura organizacional da empresa de forma clara e constante. Quanto mais difundida for a cultura da organização mais identidade é criada junto aos colaboradores e mais sucesso é alcançado.

Que tal contar com a gente para garantir o sucesso da sua empresa?

Ficou claro que a cultura organizacional é realmente importante para garantir o sucesso da empresa, certo? Se você está interessado em atingir o sucesso saiba que a Megaleios pode te oferecer diversos serviços em tecnologia para conseguir chegar lá!

Entre no nosso site, conheça nosso portfólio de produtos e invista em tecnologia para a sua empresa. Muito além dos serviços de tecnologia, oferecemos acompanhamento durante todo o processo.

A MEGA é uma empresa apaixonada por tecnologia que está disposta a ser sua parceira no caminho até o sucesso!