Blog Megaleios

Saiba tudo que acontece no mundo da tecnologia

Novidades do mercado digital, atualizações importantes sobre desenvolvimento de aplicativos, soluções da web e muito mais! Aqui você fica sempre bem informado. Confira os últimos posts publicados no blog da Mega!

Como escolher entre aplicativo híbrido ou nativo?
Avalie este post

Não é segredo para ninguém que os aplicativos revolucionaram o mercado de tecnologia nos últimos anos. A criação de apps se tornou um ramo de negócios bastante aquecido. Em virtude dessa expansão surgiram as mais diversas formas de desenvolver esse tipo de plataforma. Na hora de criar um aplicativo o desenvolvedor se depara com diversas perguntas. Todas as estratégias adotadas devem ser voltadas para oferecer a melhor experiência do usuário. Nesse contexto, surgem dúvidas sobre qual tipo de desenvolvimento escolher. Daí fica evidente a necessidade de entender a fundo como escolher entre aplicativo hibrido ou nativo. De olho nessas tendências do mercado de apps serão apresentados os tipos de desenvolvimento para te ajudar na escolha.

Conhecendo mais sobre os aplicativos nativos

Para saber como escolher entre aplicativo híbrido e nativo é essencial conhecer sobre eles, não é mesmo? Então vamos lá!

Os aplicativos nativos são aqueles desenvolvidos focados exclusivamente nos sistemas operacionais. Os principais sistemas operacionais da atualidade são o Android e o iOS. Falando de outra forma, os nativos são os aplicativos desenvolvidos para uma plataforma específica.

Como seu desenvolvimento é focado em uma única plataforma, os apps são capazes de executar todas as funcionalidades dessa plataforma. Além disso, os aplicativos nativos conseguem acessar todo o potencial do dispositivo, como câmera, álbum de fotos, GPS e outros.

Como cada uma das plataformas possui linguagem própria, o aplicativo deve ser desenvolvido para compatibilizar com ela. Mas não é só isso. É necessário se adequar também as ferramentas e interfaces de cada plataforma.

Quais as vantagens e desvantagens dos aplicativos nativos?

Como o desenvolvimento dos nativos é feito com base em uma plataforma, eles se tornam mais eficientes que os outros. Com eficientes, queremos dizer que esse tipo de aplicativo se torna mais rápido e confiável.

Com isso, o app nativo pode proporcionar melhor experiência para os usuários. Isso acontece porque eles conseguem fazer uso de mais funções do dispositivo como a câmera GPS. Mais um aspecto importante que torna os aplicativos nativos mais propensos a impactar positivamente na experiência dos usuários é a possibilidade de contar com as notificações push. Através dessas notificações é possível garantir acesso frequente do usuário, o que eleva o engajamento aumentando as chances de sucesso.

Mais uma vantagem bastante funcional dos aplicativos nativos é a possibilidade de utilizá-lo sem conexão com a internet. Assim a frequência de utilização do mesmo aumenta o que impacta diretamente no rankemaneto do aplicativo. Outro ponto positivo é a possibilidade de baixar o app diretamente pelas app stores.

Porém, mesmo com tantas vantagens os aplicativos nativos contam com alguns exigências na hora do seu desenvolvimento. Em primeiro lugar, os apps nativos devem respeitar o padrão de design e de linguagem da plataforma. Por esses motivos são aplicações móveis que tem maiores custos de desenvolvimento.Vamos conhecer alguns aplicativos nativos que se tornaram referência?

Alguns aplicativos nativos famosos

Vários aplicativos nativos obtiveram destaque no mercado de apps. Entre os principais e mais bem ranqueados podemos citar alguns, veja abaixo.

1- Facebook Messeger

Esse aplicativo foi desenvolvido para atender os sistemas operacionais Android e iOS, e posteriormente desenvolvido para Windows Phone. O grande sucesso do aplicativo é resultado da decisão de não apostar apenas no HTML e desenvolver um app nativo.

2- Skype

Esse aplicativo nativo usa recursos de vídeo, áudio e chat, além de envio de arquivos. É um exemplo de app nativo que explora bem as funcionalidades do dispositivo.

3- Whatsapp

O mais famoso aplicativo nativo de mensagens instantâneas conseguiu conquistar todas as plataformas em que atua. O sucesso é tanto que se tornou indispensável na vida dos usuários de mobile.

E o que são os aplicativos híbridos?

Os aplicativos híbridos são aqueles apps móveis que são construídos de forma alternativos aos nativos. Mas o que isso quer dizer? Isso indica que, diferente dos nativos que são criados de acordo com as linguagens de cada plataforma, os híbridos são construídos fazendo uma junção de linguagens.

De forma geral, os aplicativos híbridos podem ser construídos com base em diferentes linguagens. As principais são HTML, CSS e JavaScript. Em relação aos nativos são mais simples e mais rápidos de se desenvolver.

Como dito acima, o uso de mais linguagens faz do aplicativo híbrido dois formatos diferentes, o web e o nativo. Com essa característica, são aplicativos que podem utilizar recursos tanto da internet quanto do dispositivo. Além disso, os híbridos podem ser executados em diferentes plataformas como a Android e iOS. Assim, não é necessário que sejam desenvolvidos apps diferentes para serem compatíveis com cada uma das plataformas.

Embora ofereçam maiores facilidades pela sua execução em diferentes plataformas, os aplicativos híbridos possuem uma restrição. Para usar as funcionalidades do celular é necessária a utilização de um framework funcionando como intermediário. O que facilita essa questão é a existência de vários frameworks disponíveis para ajudar no desenvolvimento do híbrido.

Quais as vantagens e desvantagens dos aplicativos híbridos

Para facilitar como escolher entre aplicativo híbrido ou nativo, apresentaremos também os pontos positivos e negativos dos híbridos.

A principal vantagem oferecida pelos aplicativos híbridos é que eles podem exercer funcionalidades semelhantes aos nativos. E mais do que oferecer funcionalidades semelhantes, essa modalidade de app conta com custos mais baixos. Além disso, outro ponto positivo dos híbridos é a possibilidade de utilização em qualquer plataforma.

Assim como os nativos, mais uma vantagem é a possibilidade de download dos apps diretamente pelas stores. Por fim, um ponto positivo dos híbridos é o menor custo relacionado à sua manutenção nas lojas de app.

Já as desvantagens relacionadas ao desenvolvimento de aplicativos híbridos são duas. A primeira delas é um desempenho e uma usabilidade inferiores as alcançadas pelos aplicativos nativos. A segunda desvantagem é um design mais restrito.

Alguns aplicativos híbridos famosos

Ainda que os aplicativos híbridos não sejam tão famosos quanto os nativos, ainda geram grandes volumes de downloads e mídias. Veja alguns exemplos.

1- Untppd

Esse aplicativo híbrido é uma rede social e de check-in para amantes de cerveja. A ideia é facilitar que os usuários encontrem bares e cervejarias pelo mundo, e mesmo sendo híbrido usa a geolocalização.

2- Pacífica

Aplicativo hibrido de exercícios para controlar a ansiedade e o stress. É um aplicativo de destaque na área da saúde.

3- MarketWatch

Desenvolvido de forma híbrida oferece aos usuários informações e atualizações importantes sobre questões comerciais e mercado financeiro.

Aplicativos web – A terceira opção de desenvolvimento

Além dos aplicativos híbridos e dos aplicativos nativos existe outra categoria: os aplicativos web. Ainda que esse conteúdo tenha sido criado para ajudar a como escolher entre aplicativo híbrido ou nativo, é importante apresentar a alternativa de desenvolvimento existente.

Os aplicativos web são desenvolvidos baseados no navegador do dispositivo. Sua função é basicamente auxiliar na pré-visualização de um app. Como a web não suporta algumas funções nativas trata-se de uma forma menos sofisticada dos aplicativos.

Mas afinal, como escolher entre aplicativo híbrido ou nativo?

Depois de conhecer sobre as categorias de desenvolvimento é hora de aprender como escolher entre aplicativo híbrido ou nativo. Para chegar nessa conclusão é essencial que os desenvolvedores se façam algumas perguntas. Veremos essas questões.

O aplicativo será um protótipo?

Em primeiro lugar, é importante ser definido se o app desenvolvido será um protótipo. Caso a resposta seja positiva, os aplicativos híbridos são a melhor opção, pois conseguem criar características multiplataforma a menor custo.

Serão necessários muitos recursos dos dispositivos?

Outra questão a ser feita é se o aplicativo irá necessitar de muitos recursos do celular ou tablet. Como vimos, os aplicativos nativos conseguem suportar mais complexidade permitem acesso a mais funcionalidades do dispositivo. Mas se para o aplicativo desenvolvido uma interface bonita e funcional é suficiente, o aplicativo híbrido é uma boa opção.

O aplicativo necessitará de manutenções futuras?

Como os aplicativos híbridos são multiplataformas e os nativos não, é necessário pensar na questão da manutenção do aplicativo. Caso sejam necessárias muitas implementações, os híbridos podem gerar mais facilidade em relação aos nativos.

Qual o orçamento disponível?

Já sabemos que os aplicativos nativos possuem desenvolvimentos mais complexos e devem ser desenvolvidos separadamente para cada plataforma. É exatamente por esses motivos que apresenta custo superior aos aplicativos híbridos. Por isso é muito importante analisar o orçamento antes de definir qual modo de desenvolvimento deve ser escolhido. Para orçamentos mais restritos, os aplicativos híbridos são mais indicados.

Qual a expetativa da UX/UI do aplicativo?

A UX e a UI são relacionadas diretamente com a experiência do usuário. A UX diz respeito ao desenvolvimento de aplicativos focados na usabilidade por meio da sua estrutura, Por sua vez, a UI está mais relacionada à estética do aplicativo. A junção desses termos gera resultado direto na experiência e na satisfação do usuário. Devido à importância da estética e usabilidade do app essa é uma questão que deve ser analisada.

Se a intenção é desenvolver um aplicativo com layout perfeito e desempenho impecável, os apps nativos são os mais indicados. Mas se ser um aplicativo funcional é suficiente, os híbridos são uma boa opção.

Qual o tamanho do público que utilizará o aplicativo?

A demanda que o aplicativo terá também deve ser determinante em como escolher entre aplicativo híbrido ou nativo. Se o aplicativo for desenvolvido para um público mediano pode ser usado o desenvolvimento híbrido. Mas ainda assim é necessário garantir que ele terá uma boa conexão e que esteja bem codificado.

Por outro lado, se a demanda for alta e o aplicativo acessado por pessoas do mundo inteiro, o nativo é a melhor opção. Isso acontece porque os nativos proporcionam melhor fluidez para o usuário. Mas fique atento, essa questão depende muito do backend do aplicativo e como ele funcionará nos dois tipos de desenvolvimento.

Qual o prazo para o desenvolvimento?

Além do custo, demanda, UX e UI, manutenção e utilização de recursos, o tempo disponível para entrega também tem peso na decisão. Se o desenvolvedor conta com um prazo pequeno para a entrega, os aplicativos híbridos são a melhor opção. Isso acontece porque no desenvolvimento híbrido o código é reaproveitado para as diversas plataformas.

Mas se o prazo para desenvolvimento do aplicativo é extenso, pode-se pensar na opção de desenvolver um app nativo. Pois como a criação é feita de forma diferente de acordo com a plataforma, o tempo pode ser bem maior.

Diante do que foi apresentado, podemos chegar a uma conclusão. Embora os aplicativos nativos apresentem alguma superioridade em relação aos híbridos, é inegável o espaço que os híbridos ganharam. Com o surgimento de novas tecnologias o gap entre nativos e híbridos vem sendo reduzido. Com isso, a alernativa de desenvolvimento de híbridos, ainda que esteja um pouco atrás, melhorou notavelmente.

Então, a decisão de como escolher em aplicativo híbrido ou nativo deve ser tomada com base nas características esperadas. Assim é essencial a análise de diversos fatores a fim de garantir que a melhor escolha será feita. É importante lembrar que não existe uma abordagem melhor que a outra, tudo depende do que se pretende.

Agora que já sabe como escolher entre aplicativo híbrido ou nativo, que tal desenvolver o seu?

Bom, nesse ponto já sabemos todos os detalhes para ajudar na questão de como escolher entre aplicativo híbrido ou nativo, certo? O fato é que, independente do tipo de desenvolvimento você escolha para o seu aplicativo, nós da Megaleios podemos te ajudar a desenvolvê-lo!

A MEGA é uma empresa de tecnologia que atua em diversas áreas, e se destaca na criação de aplicativos. Com uma equipe altamente qualificada e com soluções inovadoras, oferecemos um acompanhamento de ponta-a-ponta. Mas o que isso quer dizer? Quer dizer que nós te acompanhamos desde a concepção da ideia do seu aplicativo até a sua divulgação! Afinal de contas, fica muito mais fácil desenvolver um aplicativo de sucesso se você contar com uma empresa experiente te auxiliando em todos os processos, não é?

Conheça nosso portfólio, entre em contato com a gente! Escolha a empresa de tecnologia certa para desenvolver um aplicativo de sucesso! Muito além de uma desenvolvedora de aplicativos, nós queremos ser seus parceiros!